Espanhol - Inglês - Português
146 leituras | Publicado em 16 de Setembro de 2009
Infomanejo Número 55
Todas as versões deste artigo : [en] [es]

Há pouco tempo, presenciei uma sessão de treinamento para obter a carteira de motorista comercial em um instituto local. O instrutor observava com atenção o motorista enquanto realizava sua aproximação e a preparação para retroceder entre dois trailers no dock 14. Era uma manhã tranquila no centro de distribuição e o estudante estava bem posicionado para executar a manobra. Enquanto parava o veículo, os freios de ar fizeram seu tradicional barulho de sucção. O estudante olhou cuidadosamente em seus espelhos retrovisores, gradativamente soltou a embreagem até sentir o ponto de atrito e retrocedeu devagar. Calculou corretamente as distâncias e, tendo escolhido seus pontos de referência, virou o volante lentamente para a direita.

Ops! Devia ter sido para a esquerda. O instrutor moveu sua cabeça suavemente; já viu isso antes: um pouco longe à esquerda, demais para a direita e tudo no meio. O rosto do estudante expressava surpresa e vergonha ao sentir uma forte vibração, seguida imediatamente do som estridente de metal sobre metal. Bateu no trailer da esquerda. Com tranquilidade, o instrutor avaliou que o dano era de uns $15.000.

Não devemos nos preocupar. Atualmente, esse erro normal de um estudante não custará nem um centavo para o instituto ou para o aluno. Isso é porque o estudante não está atrás de um volante em um caminhão articulado. Em verdade, está frente aos controles de nosso simulador de caminhões que o instituto tem comprado recentemente. O instrutor disse ao estudante que recomece o exercício de zero.

BMP - 137.3 kb

Embora eu esteja trabalhando para a empresa que elaborou e fabricou esse simulador de caminhões, fico continuamente impressionado quando observo uma sessão de treinamento baseada em um simulador em progresso. Os meus 33 anos como instrutor e investigador de segurança viária têm me convencido de que o treinamento para motoristas baseado em simuladores é uma das soluções mais inovadoras que a indústria do transporte tem estado procurando. No atual âmbito de altos preços de combustível e grandes custos de recrutamento e treinamento de motoristas, somado ao fato da apertada economia de quase todos os transportadores que sentem uma queda nos volumes de fretes, agora é o momento oportuno para que a indústria considere que qualquer ferramenta de treinamento para motoristas não somente reduz custos senão que incrementa a profissionalidade do motorista. A tecnologia do simulador é uma opção particularmente interessante, dado o estado atual de treinamento para obter a carteira comercial de motoristas na indústria:

“O nível de profissionalismo e conhecimento necessários para dirigir e obter uma carteira de motorista comercial (CDL) está amplamente considerado na indústria como muito mais abaixo do nível do motorista seguro e confiável em seu lugar de operação full-time.”

Fonte: CTBSSP Synthesis 1, “Effective Commercial Truck and Bus Safety Management Techniques” (Knipling, Hickman, & Bergoffen, 2003) (p.14).

“57% das pessoas que possuem a carteira de classe 1 NÃO tiveram nenhum treinamento formal, baseado nas investigações nacionais do CTRHC.” Fonte: TRAINING SYSTEMS for TRUCK DRIVERS – BC Trucking Human Resource Planning Committee ENVIRONMENTAL SCAN and ACTION REPORT (November 10, 2006).

O objetivo deste blog não é debater sobre porque os motoristas da indústria do transporte são reportados como detentores de um nível tão baixo. Em qualquer caso, o meu objetivo é chamar a atenção da indústria para o fato dos potenciais benefícios demonstrados no exemplo acima e de outros estudos relacionados. Além disto, diversos estudos de simulação de caminhões parecem ser meritórios em proporcionar um duplo desafio na hora de conferir um retreinamento para os atualmente mais de três milhões de motoristas nas estradas, bem como abastecer formação com um nível de ingresso igualado dos novos funcionários que serão necessários apenas a economia retorne a seu bom momento (o que com certeza acontecerá).

Estão os métodos de treinamento dos atuais motoristas adequadamente orientados às necessidades de motoristas mais profissionais? De acordo com um recente estudo:

“O método predileto de treinamento de motoristas comerciais é uma mistura de lições em salas de aula e direção supervisionada. Muitas das investigações têm demonstrado que o aprendizado e a tecnologia de instrução para adultos desde há 30 anos não foi incorporada em muitas das empresas de treinamento de motoristas comerciais.”

Fonte: Effectiveness of Commercial Motor Vehicle Driver Training Curricula and Delivery Methods, A Synthesis of Safety Practice, Transportation Research Board of the National Academies, Sponsored by the Federal Motor Carrier Safety Administration (2007).

Como é possível acelerar muitos dos desenvolvimentos no treinamento de motoristas de caminhões? Um método óbvio é incorporar resultados de investigações das últimas três décadas no aprendizado de adultos e elaborar um programa de capacitação baseado em simuladores.

Considere que há vinte anos muitos pilotos e instrutores de pilotos negavam-se a aceitar simuladores de voo Hoje, a indústria da aviação não poderia operar sem nenhum deles e nós, como passageiros, não desejaríamos que eles não fossem utilizados. As vantagens únicas de um treinamento baseado em simuladores, por exemplo, podem ser ensinar a um aspirante a motorista comercial de Texas, como reconhecer e circular com gelo negro! Esta tarefa é difícil, senão quase impossível, sem um simulador de direção. Como é possível reduzir custos e incrementar o rendimento em um programa de treinamento? Novamente, a simulação confere aos instrutores uma vantagem competitiva. No tempo que demanda realizar um exercício de retrocesso em cabine, um estudante pode fazer dez em um simulador. Com um simulador, um estudante pode acionar muitas vezes uma sequência de marchas em comparação com o tempo que demandaria fazer só uma dentro de uma cabine. Além disto, considere a economia de combustível com o fato de abranger mais conteúdo de treinamento em menos tempo.

A fidelidade, qualidade e conhecimento nos simuladores de voo multimilionários têm encontrado seu caminho na simulação de veículos comerciais. E ainda mais, com os recentes avanços em gráficos computadorizados, a tecnologia é mais acessível do que nunca. Com certeza, é muito menos caro do que comprar um caminhão para treinamento em cabine. Em fim, acredito que chegou o momento de que os executivos das frotas façam perguntas.

O treinamento adequado ajuda aos operadores de frotas a evitar a brecha existente entre os resultados de motoristas profissionais e os resultados que cumprem com seus objetivos de negócio, tanto se tratando de reduzir o consumo de combustível como de incrementar os resultados no quesito segurança. O bom do treinamento baseado em simuladores é uma medição da performance do motorista – o número de marchas, as ótimas acelerações, a frequência de freio e a força podem ser trackeadas durante os exercícios de treinamento. A melhoria na performance dos motoristas vai junto com a eficiência melhorada do combustível, menos batidas e menos reparações no mundo real.

por Pierro Hirsch Ph.D - Virage Simulation - Fuente: http://businessknowledgeresource.bl...


Uma mensagem, um comentário ?
  • (Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.)

Quem é você? (opcional)

Pesquisa avançada Encontre detalhada artigos, vídeos e imagens.
Assinatura gratuita
Complete seus dados e receber na sua caixa de correio em novas edições
Sobrenome*:
Nome*:
Título :
Empresa :
E-mail*:
Repetir E-Mail*:







¿Cómo conoció InfoManejo?:



Escriba el código de seguridad*
Preencha o formulário
Envie para um amigo

Seu nome
Destinatário
E-mail
 
Palavras-chave
Artigos Relacionados
No mesmo número








Facebook

twitter