Espanhol - Inglês - Português
391 leituras | Publicado em 25 de Março de 2009
Infomanejo Número 36
Todas as versões deste artigo : [en] [es]

A direção na neve costuma ser perigosa para os motoristas, mesmo quando eles já contam com os elementos necessários para circular nessas condições. Além das medidas de precaução a considerar com temperaturas inferiores a 0ºC, é necessário considerar precauções adicionais quando gelo ou neve se apresentam no caminho.

Primeiro, conheça duas verdades sobre este tema:

Verdade Nº1:

Não é recomendável diminuir a pressão do pneu até níveis inferiores recomendados pelo fabricante. Sangrar os pneus não melhora sua aderência e é uma falsa crença.

Verdade Nº2:

Caso nunca tenha dirigido nestas condições adversas: atenção! Advirta que você não sabe fazer isto e é conveniente estar acompanhado de alguma pessoa com experiência.

Regras para dirigir na neve:

+ Elaborar um adequado plano de viagem que inclua, entre outras coisas, cadeias de pneus para quebrar o gelo do caminho. Desta maneira, a parte de gelo fraturada deixará o asfalto descoberto e nos permitirá avançar. Da mesma maneira com a neve, mas neste caso a cadeia age como um degrau facilitando a direção.

+ Mesmo contando com cadeias, a velocidade de circulação sempre deve ser reduzida até um limite onde possa sentir confiança, e é aquele onde se aprecia uma resposta lógica às manobras, acelerações e frenagens. Estas últimas devem ser suaves e progressivas, sem patinamentos nem travamentos desnecessários.

+ ITentar sempre que o veículo tracione e que esteja dentro do controle direcional. Quando isto não acontece e o carro tem movimento próprio, será um sinal indicador da existência de alto risco. Será necessário então diminuir ainda mais a velocidade ou deter o veículo.

+ As cadeias são muito úteis e devem permanecer sempre prontas para serem utilizadas durante a época invernal, mas só devemos usá-las quando realmente for preciso. Cuidado ao circular sobre o asfalto sem neve nem gelo e retirá-las ou ao circular muito lento. Elas se danificam rapidamente, podendo causar rupturas indesejadas na carroceria ao até mesmo quebrar.

+ Para todos os modelos de veículos é recomendável colocar cadeias nas 4 rodas. Caso contar somente com duas, avaliar primeiro a conveniência de utilizá-las nos pneus de tração se o veículo for 4x2 e, ao se tratando de um 4x4 convencional, nas direcionais.

Como colocar as cadeias

1. Com o carro desligado, coloque o cabo e a cadeia no chão, sempre na face interior da roda.

2. A continuação fixe o tensor (que normalmente costuma ser de cor vermelha) com a parte superior da roda.

3. Segure o gancho com um elo e até a cadeia em direção à parte posterior (de maneira a envolver a roda).

4. Segure com o outro gancho aquele elo que esteja mais tirante. Esticar a cadeia para deixá-la corretamente acoplada.

Muitas vezes, os caminhos apresentam um estado que impede continuar a viagem. É preciso, então, elaborar um plano que abranja este tipo de situações incluindo um depósito de combustível cheio para proporcionar aquecimento, agasalho, água, alimentos e, dentro do possível, equipamentos de comunicação.


Uma mensagem, um comentário ?
  • (Para criar parágrafos, deixe simplesmente linhas vazias.)

Quem é você? (opcional)

Pesquisa avançada Encontre detalhada artigos, vídeos e imagens.
Assinatura gratuita
Complete seus dados e receber na sua caixa de correio em novas edições
Sobrenome*:
Nome*:
Título :
Empresa :
E-mail*:
Repetir E-Mail*:







¿Cómo conoció InfoManejo?:



Escriba el código de seguridad*
Preencha o formulário
Envie para um amigo

Seu nome
Destinatário
E-mail
 
Palavras-chave
Artigos Relacionados
No mesmo número








Facebook

twitter